TV Canção Nova

Nossa Sra. das Vocações

Nossa Sra. das Vocações
Senhor que dissestes "a messe é grande e poucos são os operários", nós vos pedimos que envieis muitas e santas vocações sacerdotais e religiosas para nossa Diocese. Necessitamos de sacerdotes que nos dêem o pão da Eucaristia e o Pão da Palavra e assim possamos viver a vossa vida. Virgem Santíssima, Mãe dos sacerdotes, intercedei junto a vossa Divino Filho pela perseverança e santidade de nossos sacerdotes e seminaristas. Amém. Nossa Senhora das Vocações, rogai por nós!

Quem somos

Minha foto
Guarulhos, São Paulo, Brazil
Somos irmãos no Discernimento Vocacional da Diocese de Guarulhos ( Marcelo, Nilton, Ricardo, Robson, Ítalo e o Bruno ) que, movidos pelo Espírito Santo tivemos a idéia de montar esse blog inspirado nos emails que trocamos. Com um único objetivo: transmitir mensagens de fortalecimento da fé, partilhar de nossa caminhada. Publicar tudo o que é suscitado em nossos corações. As tribulações, as vitórias e as alegrias que alcançamos dia-a-dia com Jesus e Maria. Seguindo a ordem nos dada pelo mestre dos mestres: " Ide pelo mundo e pregai o evangelho a toda criatura" Venha fazer parte conosco dessa missão confiada à todos nós!

Fale Conosco

Seguidores

    Estamos no mundo da esperteza, e de forma até desleal e injusta, que revela a busca desenfreada da cultura do ter a todo custo. É um caminho, às vezes assumido com uma garra toda particular, que envolve todo o instrumental capaz de produzir lucro econômico.

    Na visão de Jesus, a salvação supõe esperteza e sagacidade, mas de forma diversa daquela do mundo. Para ele, a grande esperteza é a pessoa não ser absolvida e enredada pelo culto ao dinheiro. O ter acaba destruindo o que é fundamental na pessoa, a sua dignidade e o seu ser.

    Quem abraça o caminho da salvação em Cristo não dá espaço para outras realidades na vida, especialmente àquelas que confirmam situações passageiras e que não levam à verdadeira felicidade duradoura. Seu caminho é assumido com mais determinação e de coração aberto.

    Tendo como meta a esperteza, os bens não são equitativamente distribuídos. Isto favorece privilégios e acúmulos que provocam pobreza e marginalização. Passa a dominar a onda de corrupção tão presente na vida do nosso povo, trazendo como consequência a insegurança e a violência.

    Nos princípios de uma espiritualidade madura, a prática é outra. A dignidade humana é colocada em evidência, reconhecendo o valor natural presente em cada pessoa, como destinatária dos bens de consumo e como condição para sua própria realização.

    Muitos administradores são espertos, administrando os bens públicos em proveito próprio, e até de forma fraudulenta. É a prática da corrupção quando tudo é feito com má intenção. A sociedade necessita de bons e honestos administradores. Na área política, o momento é de escolha de pessoas honestas.

    A ética é fundamental no trato com os bens públicos. Muito mais com aqueles de influência social. Agir com desonestidade e querendo tirar vantagem em tudo desabona a autenticidade do administrador. O lucro não pode ser o valor maior.

    O cristão não pode separar sua fé, que exige compromisso ético, da administração dos bens da vida. Não pode deixar a exploração econômica dominar, sacrificando o interesse da coletividade.

   Dom Paulo Mendes Peixoto
   Diocese de São José do Rio Preto - SP


Adalberto Lima
Vocacionado Diocesano

Vocacional Masculino e Feminino

"Vem, segue-me..."

"Vem, segue-me..."
Clique aqui e saiba mais

Pastoral Vocacional

Pastoral Vocacional
Quer saber mais sobre a caminhada vocacional? Escreva para: vocacionalguarulhos@hotmail.com

Visitantes on-line

Ocorreu um erro neste gadget

Bispo Diocesano

Bispo Diocesano
Dom Joaquim Justino Carrera - "PAX VOBIS" (Jo 20,21s)

Arquivo

Contato

Contato
Ocorreu um erro neste gadget